ATALHOS DE TECLADO Inicio [Alt+i] Fim [Alt+m] Pesquisa [Alt+p] ALTERAR FONTE Aumenta a fonte [Alt+A] Retorna para o tamanho normal de fonte [Alt+N] Diminui a fonte [Alt+D]
 
Você está em: HOME / ASSESSORIA DE IMPRENSA / Notícias
 
 

Icone de notíciaComissão de Educação recebe representantes de escolas particulares para falar do Bolsa Creche

Reajuste das bolsas do programa e redução do número de vagas foram tema da reunião

Versão para impressão   08/02/2018 16:44:00 - Assessoria de Imprensa


representantes escolas

Representantes de escolas particulares se reuniram nesta quinta-feira, 8 de fevereiro, com os vereadores da Comissão de Educação e Cultura da Câmara Municipal para falar das mudanças ocorridas no programa Bolsa Creche. A vereadora Constância Félix (PDT) e o secretário municipal de Educação André Luiz Francesco também participaram do encontro.

Os representantes procuraram a Comissão para pedir auxílio em demandas como reajuste das bolsas e a manutenção do número de vagas nas escolas. Segundo eles, não há previsão de reajuste nas bolsas para o ano de 2018 e também houve uma redução no número de vagas destinados a cada escola que faz parte do programa, o que prejudicou o orçamento dos estabelecimentos.

O secretário explicou para os vereadores o motivo de não haver aumento no repasse de valores das bolsas. Segundo ele, a base de reajuste destinada à educação no Plano Plurianual foi muito pequena. Ele também informou que esse valor está sendo usado para ampliar, de forma modesta, o programa bolsa creche.

Francesco informou os números de crianças atendidas pelo programa, segundo ele, em 2015 foram 1575 alunos atendidos, em 2016 foram 1587 alunos, em 2017 foram 1660 alunos atendidos e, para 2018, a estimativa da prefeitura é de que 1720 alunos sejam atendidos pelo programa.

Quanto ao número de vagas que diminuiu nas escolas que já fazem parte do programa, o secretário explicou que outras cinco novas escolas foram habilitadas para integrar o Bolsa Creche, e que por esse motivo foi necessário fazer um remanejamento entre todas as escolas para a distribuição das vagas.

Para tentar auxiliar as representantes nas demandas apresentadas, os vereadores da Comissão de Educação pediram que elas formalizem todas as reivindicações em um ofício para a Comissão, que depois será encaminhado à Secretaria de Educação.

A Comissão de Educação e Cultura é formada pelos vereadores: Wagner Barbosa (PSB), presidente; Clayton Silva (PSC), vice-presidente; Mir do Lanche (PR), secretário; Darci Reis (PSD) e Waguinho da Santa Luzia (PPS), membros.

 

AGENDA DE EVENTOS

NEWSLETTER